top of page
Blocos coloridos
  • Foto do escritorRenan Magoo

ODÊ À COXINHA!

Atualizado: 12 de mar.



Um dia sentado na varanda olhando para o sol eu pensei: Se acabar o gás do sol quem troca? Talvez eu frite uma coxinha. Isso é um sinal que não estamos só no Universo.

Eu saúdo a coxinha de frango, ó senhora coxinha terrivelmente oleosa!

O arroto da discórdia é a coxinha do prazer.

O homem enquanto gordura trans não binária, é um aristocrata da sua própria banha existencial da fritura maçônica.

Uma gordura em formato de homem alfa, é a coxinha multiplicada pela quinta potência.

Viva o Adriano imperador e sua AK47! Coxinhas salvam vidas! Já viu um frango com depressão pós-parto?

Engasga-te com um pedaço de coxa e vá dançar Anitta na igreja.

Fitas isolantes me censuram na laje, mas a coxinha bem azeda reluz no bumbum como uma manhã de sol.

Se as coxinhas trazem estrias, coma-te pecador!

Se a fritura te deixa menos vegetariano, engula toda luxuria e vira-te homo sapiens!

Usa-te calça apertada, vire o Dória e trafique coxinhas no show da Claudia Leitte.

Morte ao purê de batata! Frango é fascista, machista, sexista e taxista!

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page